posts recentes

É certo! Um novo dia aman...

Sabias que...

Há palavras e palavras...

Outono em Março

O beijo de Antikonie/II

Amar-te em Madrid

Madrid me mata!

Lágrima

Noite

Amor

arquivos

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

favorito

Véspera

Carícia

Postal

Sossega

Final de mini-férias

Viagens

Daninha

Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2006

Estranho é o sono que não te devolve

bebe03.jpg
Agora, num acto irreflectido, enviei-te este poema

Estranho é o sono que não te devolve.
Como é estrangeiro o sossego
de quem não espera recado.
Essa sombra como é a alma
de quem já só por dentro se ilumina
e surpreende
e por fora é
apenas peso de ser tarde. Como é
amargo não poder guardar-te
em chão mais próximo do coração.


Daniel Faria

espero que não te traga problemas em casa…
eu fico com a minha dúvida existencial – não sei se te ame, se te afaste…

(4-1—2006
22:13h)

22:23 e não me respondes… nem me vais responder hoje… amanhã talvez falemos no msg. Vou ficar impaciente à espera.
publicado por Mar às 00:50
link do post | sonhar | favorito

pesquisar

 

Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

favorito

Véspera

Carícia

Postal

Sossega

Final de mini-férias

Viagens

Daninha

links

blogs SAPO

subscrever feeds